Domingo, 18 de Setembro de 2005

O Estacionamento em Loulé

Parque1.jpg


Pelas 14,30 de dia 8 de Setembro era esta a lotação do Parque de Estacionamento de Loulé (único digno desse nome). Esta imagem leva-nos a algumas questões:


1- Será que o valor do parqueamento é caro?


2- Preferirão os automobilistas parquear na via pública?


3- Será assim tão reduzida a afluência à Cidade?


4- Existirá falta de intervenção da GNR em matéria de Estacionamento?


5- Será que está em curso um boicote ao Parque?


6- Será que já temos Parques de Estacionamento suficientes?

publicado por aalmeilda às 10:13
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Antnio Almeida a 30 de Setembro de 2005 às 01:50
Não só me cheira mal como vejo o cenário turvo... Financiamentos, projecto, prazos. Tudo parece ter sido subvertido! Estou a confirmar indícios, mas tenho receio que a coisa venha a ficar encalhado por algum imbróglio administrativo, financeiro ou legal. Do qual poderá resultar a paragem das obras e permanência do mercado em tão impróprio local. E depois não digam que não avisei... Uma obra lançada assim - foi por causa das Eleições, não tenho dúvida! Quando isto acontecer, não venham falar de competência!


De Antnio Almeida a 25 de Setembro de 2005 às 21:20
Caros amigos, este caso está a cheirar-me tão mal como o Parque de Estacionamento...
Vou começar por postar uma imagem antiga do Mercado e esperar que algum actual comerciante venha falar do seu "estado de alma". Estranho que o MARF, pronto há tanto tempo esteja deserto e lá funcionem armazens de transportadoras e não de abastecimentos de produtos alimentares... O mercado de Faro, esse parece pronto, aguardando pintura, não reabre... porquê? A empresa envolvida parece ser espanhola, irei verificar isso.


De Vitinho a 25 de Setembro de 2005 às 11:44
A Sociedade MML, SA tem um capital social de 324.000 euros que é detido em 95% pela CML e 5% pela SIMAB, que utilizou os fundos comunitários a que só a CML podia concorrer ( 2,2 milhões de euros). Naturalmente que o mercado será administrado pelo SIMAB e pela CML. A julgar pelas aparências e pelos modelos já implantados noutros mercados do país, quem irá pagar a factura serão os vendedores do mercado que passarão a pagar uma renda actualizada em função do valor do investimento realizado no mercado. Qual será o valor das novas rendas? O pequeno comércio ali instalado terá capacidade para suportar as novas rendas? Ou estaremos perante um plano a executar por fases. 1ª fase - falência dos pequenos comerciantes actualmente instalados no mercado poque não poderão suportar as novas rendas. 2ª fase - Substituição das actividades tradicionais por outras mais rentáveis - estilo CENTRO Comercial Forum. Aguardemos.
PERGUNTO - Em plena campanha eleitoral não se discute isto? Percebo que a anemia da classe política louletana não tenha tido músculo para questionar os actuais gestores da CML sobre a intervenção no mercado, mas não haverá louletanos capazes de trazer para a agenda política a discussão deste assunto. Voltaremos. Até breve.


De Annimo a 25 de Setembro de 2005 às 11:23
A Sociedade MML – Mercado Municipal de Loulé, S.A., entidade responsável pelas obras de remodelação, modernização e revitalização do Mercado Municipal de Loulé, celebrou no passado dia 12 de Abril de 2005 um contrato com a empresa Obrecol – Obras e Construções, S.A para a realização da empreitada de remodelação deste Mercado.

As obras já se iniciaram no passado dia 18 de Abril e serão desenvolvidas em duas fases. Da primeira fase dos trabalhos fazem parte a recuperação do interior do edifício, da sua cobertura e da estrutura metálica que a sustenta. Na segunda fase proceder-se-á ao arranjo das lojas e das fachadas exteriores do edifício.

A intervenção visa a recuperação e requalificação do edifício, a modernização dos equipamentos de venda do Mercado e a dinamização das actividades aqui desenvolvidas.

No “novo” Mercado existirão espaços comerciais modernos e adaptados às características de cada sector de actividade com produtos regionais de grande qualidade e frescura e condições excepcionais de higiene e segurança alimentar, elegendo-se como objectivo final o da total satisfação dos muitos clientes desta estrutura comercial que é património histórico de Loulé.

O custo previsto para este investimento é de 4,72 milhões de euros com uma subvenção comunitária de 2,2 milhões de euros.

No sentido de minimizar os incómodos naturais a vendedores e compradores, decorrentes dos trabalhos de obra, o Mercado Municipal de Loulé está a funcionar, desde o passado dia 11 de Abril, no Parque de Estacionamento, junto ao Tribunal de Loulé.

JÁ TEMOS A CERTEZA QUE A OBRA NÃO É DA CML. FOI A SIMAB QUEM ADJUDICOU AS OBRAS Á OBRECOL.

GOSTARÍAMOS DE SABER QUEM SÃO OS ACCIONISTAS DA sociedade MML, SA.
Quem recebeu os habituais 10% ?


De Vitinho a 25 de Setembro de 2005 às 11:06
Caro Almeida
Concordo consigo, também acho que deverá ser aberto o dossier Mercado de Loulé. Sem prejuízo de uma apreciação às condições de funcionamento do espaço onde actualmente funciona o mercado.Contraria tudo o que são regras de higiene e salubridade. Curiosamente as mesmas regras que a CML obriga os particulares a cumprir, chumba projectos porque num aspecto ou outro as regras não são integralmente cumpridas, ali naquele local abjecto e pestilento a CML fecha os olhos e fomenta tudo o que não deve ser feito no comércio alimentar. Pior do que aquilo, só o mercado grossista de peixe que funciona junto à lota de Quarteira. Também ali as autoriadades de saúde fecham os olhos e assobiam para o lado. Voltando à história do Mercado de Loulé, acho oportuno que se abra o dossier pondo no ar uma série de perguntas:
PRIMEIRA: O que é a SOCIEDADE MERCADO MUNICIPAL DE LOULÉ, SA?
SEGUNDA: Quem são os accionistas da dita sociedade?
TERCEIRA: Quem é o dono da obra? A CML ou a Sociedade Mercado Municipal de Loulé, SA?
QUARTA: Qual é o papel daquela empresa que aparece no painel publicitário a anunciar a obra - SIMAB - Sociedade Instaladora de mercados Abastecedores, SA ? Será um accionista oculto da outra sociedade?
Abra o dossier caro Almeida. Obrigue-os a explicar aos louletanos a quem cederam os direitos de exploração do Mercado Municipal e quais as contrapartidas que a CML recebeu pela cedência. Entretanto dê uma espreitadela neste link http://www.simab.pt/renovacoes.htm (http://www.simab.pt/renovacoes.htm)
Até breve.


De Antnio Almeida a 24 de Setembro de 2005 às 21:52
Margarida e Nélia, o assunto que aqui trazem merece um tratamento em nome próprio. É verdade que esta obra está para ser do tipo "S. Engrácia". E é a melhor imagem da incapacidade do executivo camarário em cumprir prazos e em definir estratégias. Dos prejuízos causados darão os eleitores a respectiva resposta no voto.
Depois da avaliação das dívidas teremos que fazer a avaliação do desempenho: é desastroso na oportunidade, no custo e nas consequências! Teremos que exigir indeminização pelos danos causados por este "sapateiro que se pôs a tocar rabecão". Já basta de incompetência!


De Nelita Mendes a 22 de Setembro de 2005 às 20:31

A Margarida tem razão. As obras do Mercado há tanto tempo começadas estão para durar, e esta Câmara há quatro anos votada não deve durar muito, assim espero. QUe a nossa Padroeira Nª Sª da Piedade nos dê uma ajuda.
Viva a Mãe Sberana ! Viva S. Sebastião.
Nelita


De Margarida a 22 de Setembro de 2005 às 20:27

O único parque automóvel do tempo do Snr. Presidente Vairinhos encontra-se neste momento ocupado com a Praça. Não é o local ideal , pois o cheiro é nauseabundo e mesmo as pessoas que ali trabalham devem estar sujeitas a focos infecciosos, penso eu. Mas melhor do que eu O Snr. Dr. Seruca que é Médico, saberá dar a explicação. EU por mim acho horroroso e à velocidade que estão as obras do Mercado antigo vai ser lindo se o calor continuar. Loulé está mesmo a precisar de mudar as pessoas que nos governam. Tudo se gasta e esgota. Experimentemos a mudança. Outubro que venha que eu cá estarei se Deus quiser para meter a cruzinha no devido lugar. Obrigado pela vossa atenção. MARGARIDA


De miguel a 21 de Setembro de 2005 às 10:38
Porque será!?
Talvez pura incompetencia!
Desaproveitamento das infra-estruturas municipais!
Falta de Estrategia!

Dia 9, será o Juizo Final!
Votem Bem! Votem!

Boa semana e Bjks da matilde



De Rui Silva (remechido para os amigos) a 20 de Setembro de 2005 às 23:03
zé_nao_vai_nessa,

Aldrabão é aquele que promete e não cumpre, o Dr. Seruca PROMETEU estacionamento gratuito na cidade, não se lembra? Imbecil é aquele que é faccioso e repete o discurso do regime, não tem ideias próprias e regra geral serve de caixa de ressonância das ideias alheias, como costuma dizer “um peido furado”, estúpido é aquele que ofende os outros sem os conhecer, comportamento habitual de pessoas desequilibradas e cobardes.
Reafirmo o que disse, o Dr., Seruca é UM ALDRABÂO, o zé_nao_vai_nessa, alem de ser grade besta é mesmo um imbecil estúpido, se não fosse, respeitava a minha opinião e não se punha a debitar parvoíces sem dominar os assuntos, gostou? Apareça sempre que mimos destes tenho para dar aos quilos.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds