Quarta-feira, 14 de Setembro de 2005

Seca no Palmeiral!

seca.jpg


Incompreensivelmente ninguém se dignou  fazer baixar a bomba no furo de molde a que esta puxasse a água que nele existe!


Isto me disse o povo morador e mais ainda, que o pedido foi feito ao responsável autárquico que por ali passou.


Será que o povo mente ou foi esquecido? 

publicado por aalmeilda às 23:29
link do post | favorito
|
De Ruiva a 16 de Setembro de 2005 às 22:32
Caramba!... nunca vi tanto disparate junto, em tão poucas linhas. Mas afinal o que é que esta malta tem na cabeça, além desta evidente serradura? Areia, não é com certeza, pois seria pesada demais para alguém tão oco. Como é possível concentrarem-se em problemazinhos de dívidas fictícias do candidato à Junta de Freguesia, quando o problema por ele denunciado é no mínimo gravíssimo. A população não é suficientemente importante? O seu bem-estar? Reclamar por aquilo que realmente deveria ter por direito? Não!!! Pelos vistos isto não é importante… importante é axincalhar a vida do próximo, não e zelar pelo bem estar de todos. Importante é baralhar a cabeça daqueles que optam pelo facilitismo ao invés usarem a cabeça para verem o que está realmente mal. Tanta burrice… começo a ter vergonha de ser portuguesa, ao constatar que vivo rodeada de parasitas que se alimentam em exclusivo do mal dos outros. Será que estas mentes deformadas já pararam para pensar um pouco? Usar aquele bocadinho de massa cinzenta que se encontra algures no cérebro? Já??? Então vamos lá começar a pensar em conjunto – qual é o grande flagelo em África para além da fome? R: A água/seca, muito bem!!! E nós, estamos pertinho dela, não é? Pois é, e temos que seguir os mandamentos de países terceiro mundistas, para podermos evoluir em grande... Que bela lição estamos nós a passar aos nossos descendentes… A água, esse bem precioso, que só corre nas casas de alguns iluminados desta freguesia, dita a diferença entre as pessoas. E é essa diferença que estes laranjas de meia tigela persistem em valorizar. Água é sinónimo de riqueza, de poder que só existe em cabeças ocas. Tenho água, logo, sou rico!!! Que podridão de espírito!!!... Quando é que estes senhores vão pensar um pouco que seja, no próximo, e lutar por um ideal de sociedade mais justa para todos? Não pagam estes munícipes os seus impostos? Então porque não têm as mesmas regalias? Para todos os cidadãos, direitos e regalias iguais! Não, não é nenhum discurso comunista, é o discurso da Ruiva! Pensem, por favor!...


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds