Quinta-feira, 21 de Julho de 2005

Ruína ou Património?

P_Varela.jpg


Quero dizer-vos, para que não fiquem dúvidas, que prezo a propriedade privada.


Embora pouco tenha de meu, respeito a propriedade dos outros.


Mas, como curioso de ordenamento que me acho e desejando ver ordem e beleza na nossa cidade, tenho dificuldade em ver ostensivas ruínas como esta, no Largo Afonso III à esquina da Rua do Matadouro.


Por muito privada que possa ser não entendo: O que ali faz, à espera do que está?


Nunca será possível ali construir obra nova, na mesma implantação.


Temos que prever e definir o que ali pode existir, pois a primeira forte chuvada vai provocar derrocada! 


 

publicado por aalmeilda às 02:19
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Ruiva a 27 de Julho de 2005 às 13:24
Penso que a C.M.L. pode, ou deveria poder, intervir numa situação destas, obrigando o proprietário a fazer obras no prédio ou proceder à sua demolição, caso seja iminente a derrocada. É minha convicção que não se deve “deitar tudo abaixo”, deve-se sim preservar os edifícios que elucidam e caracterizam de forma clara, pelas suas características, uma determinada cidade. Deleito-me, cada vez que passo pelas calçadas antigas de Loulé e contemplo aquelas casinhas pequeninas, mas tão características desta região. Maior é a fruição deste acto do “olhar”, quando verifico a recuperação das fachadas de algumas destas casinhas, com total remodelação no seu interior. Bem hajam estes proprietários, pelo seu bom senso e preocupação em tentar preservar, conservando, aquilo que os nossos antepassados nos deixaram. Na imagem apresentada, verifica-se que a cidade foi crescendo, que a pequena ruína está aqui, de forma inequívoca, a mais. Há sem dúvida, um claro desenquadramento arquitectónico, e a meu ver, o edifício em causa, não merece um parecer positivo.


De jm saraiva a 22 de Julho de 2005 às 01:40
Que pergunta !!! Claro que é património! (dos pobres, desvalidos e incompetentes).


De Antnio Piarra a 21 de Julho de 2005 às 22:43
Esta ruina ilustra bem o empenho e o interesse que a C.M.L. e, particularmente, a Junta de Freguesia de S. Sebastião demonstram pelo desenvolvimento e imagem desta zona da cidade! Sei muito bem que se trata de uma propriedade privada; mas também sei que a Câmara tem poder para intervir em situações extremas como esta. Além de oferecer perigo de derrocada, está a "estrangular" uma rua (impedindo a passagem de viaturas de maior porte, sem que exista sinalização vertical no outro extremo da artéria a informar esta limitação). Além destes dois motivos que justificam uma intervenção da edilidade, há que considerar que , atendendo às reduzidas dimensões do espaço em análise,não julgo ser possivel qualquer tipo de edificação urbana no local. Assim, deveria a Câmara negociar urgentemente com o proprietário, visando a aquisição da ruina para posterior demolição e melhoramento da Rua do Matadouro. Aproveito para sugerir que seja mudado o nome desta rua. O Matadouro Municipal já lá não existe há bastantes anos e, para quem não conhece o local, ficará com a ideia de se tratar de uma qualquer rua "cheirosa" e periférica desta nossa Cidade.Haja vontade e inteligência para resolver estes pequenos/grandes problemas! A população agradece.....


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds