Quarta-feira, 29 de Junho de 2005

depois da Fonte roubada... silêncio?

 A Câmara Municipal de Loulé, respondeu através do Chefe de Gabinete do Sr. Presidente à petição que 5 cidadãos, recenseados na freguesia de S. Sebastião lhe dirigiram, questionando sobre o Interesse Patrimonial do Poço Tradicional do Parragil.


Antes de vos apresentar um excerto da resposta, quero que saibam que o referido quadro autárquico conseguiu fazer a proeza de adivinhar qual de entre os cinco subscritores passaria melhor a resposta aos outros. Assim poupou aos cofres do Munícipio o valor de 4 selos de correio (em tempo de crise, é uma grande medida) e deixou particularmente honrado o escolhido. Agora um mês passado, todos tivemos a resposta e como também vos interessa, vou deixá-la:


...(introdução)...


"1- Do ponto de vista documental não foi encontrado no Arquivo Histórico quaisquer referências ao elemento Poço do Parragil;


2- È de crer que esse elemento foi importante para as populações, desempenhando a sua função ao longo do processo de ocupação humana desse espaço(Parragil);


3- Haveria, contudo, que desenvolver todo um trabalho de pesquisa e intervenção à semelhança do que provavelmente teria/deveria ser feito em outras zonas do País, para se poder concluir do seu interesse histórico, o que manifestamente não se afigura como possível no presente momento;


4- Contudo entende-se como uma necessidade, a preservação, conservação e requalificação de toda a envolvente ao elemento estrutural identificado, no sentido de lhe dar a continuidade de espaço público, que sempre a caracterizou"


Não conhecem a Fonte ou o poço, nunca sobre ele pensaram. Depois da demolição e fecho, não acham possível estudá-lo. O Sr. presidente pode nem ter estudado este assunto, nem se compromete com a resposta que é dada. É deixada uma vaga esperança de que, talvez um dia, se faça uma requalificação do Largo.


Sente-se na resposta, a já habitual, insensibilidade pelo património tradicional e a apetência para a importação de modelos modernos que subvertem a tradição e quebram a identificação das pessoas com os sítios.


Eu, prometo aqueles que do Poço do Parragil ainda têm memória que o voltarão a ter visível, orgulhoso de ser amado pelo povo, centralidade de um Largo público romântico e ajardinado onde a água brotará de fontes que darão frescura.


Ali onde só ficou aridez, pó e lixo. Ali no Paragil da Fonte Roubada o povo mostrará que respeita os seus antepassados.

publicado por aalmeilda às 18:18
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Rui Miguel Domingos a 1 de Julho de 2005 às 00:15
Caro Rui só pra lhe dizer que quem escreveu foi o Rui filho que tem 20 anos e opinião própria. Escreveu do Campo pequeno em Lisboa onde reside actualmente e o pai Rui nem sabe de nada. Deixe o nome do meu pai em paz se faz favor. Abraços


De Artur a 30 de Junho de 2005 às 22:36
Ao Almeida, deu-lhe para ali! E deu muito bem, deixou a calma de um dia-a-dia de trabalho. Saibam que o António é viciado no trabalho! Ele trabalha bem um 15 horas por dia, quantas vezes me desenrascou trabalhos ao fim-de-semana (ai, tantas). E ofereceu material para a colectividade do sítio, que até custa pedir... O Almeida é um humanista, quer um Mundo justo... deu-lhe para ali! O Almeida, sabe de política (ai se sabe), a política dele e trabalho e justiça. Quem o conheçe não tem dúvida e em particular os seus alunos! O Almeida é disponível, tolerante e atento... gosta de agradar... é assim e não há nada a fazer! Tenho orgulho na luta que ele está a travar e tudo farei para o ajudar. É homem para dar uma reviravolta em S. Sebastião, ponho as mão no fogo por isso. É que, sabem, deu-lhe para ali! E ele é teimoso. Deus te dê a força que mereces e nós precisamos! Vencerás e nos venceremos!


De Antnio Almeida a 30 de Junho de 2005 às 22:21
Há quem nesta vida apenas conceba direito a si e aos seus próximos, a quem esteja na sua linha e não permita que outros dela se desviem. Pois, os do Parragil, parece que querem esquecer os atropelos cometidos, em nome de um "desconhecido" progresso. Mas, afinal nem são sinceros parragilenses, são sim militantes laranjas e o prgresso projectado é afinal, entravado por proprietários de outra cor. Trinta anos de poder criam vício e arrogância. Tempo demais para agora virem dizer que não vos vendem uma propriedade que permitia embelezar um Largo. Desprezo é o que têm dado a um povo que tantos em vós tem confiado. Não sou do Parragil, vivo em S. Sebastião (urbano) e saibam que esta população quer progredir convosco, a menos que tenha que votar massivamente contra vós para se libertar. Estou a incomodar os poderes instalados, parece que há quem não tenha compreendido que o cidadão quer política e políticos diferentes. Não, não deixarei o Parragil, quero obra... não importa quem a fará! Façam que é a vossa obrigação, ainda têm tempo de mostrar que merecem aquilo que vos temos pago e há em vós algum merecimento do voto recebido. Porque aquilo que não fizerem o PS fará com a minha maior dedicação e persistência.
Não me interessa qual será o vosso cabeça de lista, será do Parragil ou arredores, será Rui ou Horácio. Nem um nem outro temerei, com qualquer deles quero um frente a frente em cada sítio da Freguesia, em que cada diga o que pensa fazer e prove os meios que tem para realizar, com respeito e educação pelo cidadão eleitor. Mais que exijo que o eleito seja confrontado com as promessas lhe fizer. Temos que acabar com o "fala-barato" que logo esquece o que disse e apenas gere poder e favores como lhe apetece.
Se aos que governam mal tudo perdoam... quando pensam melhorar a vida, escolhendo novas pessoas?


De Rui a 30 de Junho de 2005 às 22:10
É a primeira vez que intervenho neste blog que acompanho a uns meses a esta parte, António Almeida, você já conseguiu por o "outro lado" nervoso, veja lá que até agora o Sr. Eng.º Rui Domingos, o tal que presta um serviço? na CML na area do lixo (so podia, uma pessoa insuspeita de qualquer coisa, até da laranjite aguda, vem afora dizia eu, apregoar preocupaçoes sobre uma freguesuia que ele até a uns poucos anos a esta parte ele estava-se "lixando" para São Sebastião(não são palavras minhas, alguem do tempo do M.Bota que se lembre disto, que sabe do que falo)os homens andam mesmo nervosos, isso até torna-se divertido, vindo a dor de cabeça de uma pessoa como o senhor, não meleve a mal, o meu voto não tem porque não voto na esquerda, hipocrita e falsa, mas admiro a sua coragem por ter posto em causa o libertenismo de alguns "pseudo-lideres" laranjas deste depauperado concelho, mudar é relamente preciso, convença antes os lideres do seu partido a mudar de atitude arrogante quando fazem a campanha agressiva e sem sentido que promoveram nos ultimo mes com aqueles placards, faça a mudança que poderá ser que ainda vão a tempo, os meus francos cumprimentos.

RUI, um amigo de direita que lamenta não exisitir uma terceira via, estou só de acordo consigo quando diz que é preciso opinar, continue com o blog.


De Jos Luis a 30 de Junho de 2005 às 20:39
DEU-LHE PARA AI??? DEDUZO ENTÃO QUE SE LHE APETECER CANDIDATAR-SE à PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA - DEU-LHE PARA AI??? quando somos crianças é que temos este tipo de atitudes, mas sabe a política É PARA PESSOAS GRANDES!!!


De Skywalker a 30 de Junho de 2005 às 20:31
Pois é candidato Almeida, de facto agora conveceu-me, o meu voto não irá para sí, certamente, demonstrou quem realmente é...APENAS MAIS UM A TENTAR GANHAR PROTAGONISMO...pelo que apelo às lides do PS, retirem este senhor enquanto é tempo, pois o que ele chama democracia, aqui na terra de todos nós, é narcisismo, parece-me que este candidato aterrou do espaço vindo de um planeta frio onde vivia sozinho. Mas enfim enquanto militante do PS, não posso de deixar de expressar a minha profunda desilusão com este "candidato".


De Rui Miguel Domingos a 30 de Junho de 2005 às 15:41
Caro António Almeida. Apresento-me como jovem do Parragil e como amante da localidade que me viu nascer e crescer. Dou a cara sem medo porque me sinto no dever disso. É com muita tristeza que vejo o seu blog, não pela finalidade dele que penso ser boa já que nele se discutem assuntos da Freguesia mas sim por certas coisas que cá vêm publicadas. Em primeiro lugar quero dizer que como Parragilense sinto-me farto de ver o nome do Parragil ser abusado nas bocas de quem pouco sabe do Parragil, nas bocas de quem raras vezes foi ao Parragil. Sabe senhor Almeida jogar à petanca na Quinta do Monte não significa conmhecer o Parragil, ter família no Catelão não quer dizer que conheça a zona como sei que o senhor não conheçe. Estou farto do nomedo Parragil ser usado e abusado nas Assembleias Municipais por pessoas que so sabem dizer mal de quem sempre tem lutado pelos direitos do Parragil, apenas com o sentido de ganhar protagonismo como faz um ilustre habitante do Parragil cujo nome não vou pronunciar com medo de me enganar. Senhor Almeida sou estudante de Medicina e chamar Drº Batão ao Drº Seruca Emidio é sem dúvida de baixo nível, mas reflecte inveja, muita inveja mesmo. Esses senhores que assim apelidam um homem que sempre tem marcado a sua vida com valores de honestidade, bondade, trabalho, simpatia e assima de tudo muita simplicidade, só gostavam de ser uma pequenina parte do que o doutor Seruca é. Mas eu compreendo perfeitamente a vossa posição. Criticar é facil fazer é mais dificil. Olhe e prometer ainda é mais fácil que tudo. O centro comunitário do Parragil foi prometido quando não estavam criadas raizes nenhumas para o prometer ... onde estava o dinheiro que diziam haver ... apenas havia terreno ... o senhor sabe quem fez grande campanha pelo centro comunitário do Parragil mas que se viu depois surpreendida quando os seus amigos da segurança social afinal lhe haviam mentido. Senhor Almeida ninguém ama mais o Parragil que eu, duvido que muitos dêm tudo de si pelo Parragil como eu o faço e por isso vejo com muito pouco agrado como é apresentado um abaixo assinado com 30 pessoas na Câmara contra a demolição do poço do Parragil e depois quando se vai ver 7 são pessoas do Parragil, 1 é açoreano e os restantes passam no Parragil 3 vezes por ano. As coisas sabem-se meu caro. Um dos que assinou a carta agora até parece que está satisfeito porque resolve aproveitar a fonte abastecer a sua cisterna estendendo uma mangueira até a sua casa em pleno dia e sendo visivel por todos. É o mesmo que vai criticar na Assembleia Municipal aquilo que se faz e não se faz no Parragil. Se o Senhor tivesse conhecimento do projecto que ha para o largo do Parragil e que só esta inviabilizado porque um proprietário não quer vender o seu terreno, o senhor e os senhores restantes calavam-se. Aquele largo tera o nome de quem mais fez pelo Parragil até hoje e que infelizmente já morreu ha muito. Quando o Senhor for ao Parragil não apareça com a bolsinha com a máquina fotográfica procurando registar num momento uma vala por tapar, uma pedra fora do lugar, uma parede a cair. Aproveite para a levar no dia em que vai ser inaugurada a água, lançado do projecto para a estrada que liga Ribeira de Algibre à nacional 270 e também o lançamento da obra que aliás já está em andamento do pavilhão desportivo. Assim se vê obra feita. Mais aproveite também para dar uma saltada ao baile do Monte Seco ou do Parragil para se dar a conhecer. Espero uma boa campanha da sua parte e acima de tudo espero neste blog ideias e projectos. Não se preocupe em saber quem é o seu adeversário limite-se a fazer o seu trabalho. O seu adversário terá certamente a maior vitória de sempre nesta Freguesia e contará de certeza com o meu voto. Abraços democráticos


De Porfrio Martins a 30 de Junho de 2005 às 09:10
É uma tristeza que deixemos que nos tirem aquilo que os pais nos deixaram. Não estimar o passado é ficar sem futuro. É justo repôr o Poço e cuidar do Largo do Parragil.
Tanto dinheiro gasto, ano após ano, a "cuidar" de caminhos e só termos buracos e pó. É demais!


De Artur a 30 de Junho de 2005 às 08:13
Parece que o Almeida foi comprimentar os deputados da Freguesia. Estive com ele no Festival Med e na galeria do Convento.
Ainda teve tempo para passar na sede da Junta?


De So Sebastio a 30 de Junho de 2005 às 01:44
Hoje foi de Dia de Assembleia de Freguesia de São Sebastião.O Camarada Almeida apareceu ...por volta das 23:00 quando os trabalhos ja tinham terminado sabe-se la para fazer o quê... para um cidadão"estrangeiro" tão interessado e com tanta vontade de participar deveria ter vindo mais cedo podia ser que aprende-se qualquer coisa sobre a Freguesia que se decidiu candidatar.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds