Sexta-feira, 10 de Junho de 2005

Dia de Portugal

verde_vermelho.jpg


Salvar o verde da Bandeira


a esperança e a paisagem.


Salvar o vermelho da Bandeira


a luta, o sonho e a poesia.


 


Qual é a cor do Futuro?


Verde..., claro...


... e Vermelho!

publicado por aalmeilda às 20:32
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Antnio Almeida a 20 de Junho de 2005 às 11:55
Pensei em colocar a Bandeira Negra!
Mas o patriotismo que parte do cidadão, exige do político respeito, coloca-o alerta para a sua conduta. Concordas Pedro?


De Pedro a 12 de Junho de 2005 às 21:44
O futuro é negro!


De Ruiva a 11 de Junho de 2005 às 19:07
O meu comentário, ainda que nada tenha a ver com este tema, não pode deixar de ser revelado ao maior número de pessoas.

E foi, de facto “Dia Santo”!... O pior aconteceu, aquilo que eu há muito temia, acabou por acontecer. Quando me dirigia esta manhã para Loulé, um carro havia acabado de ir parar ao terreno lavrado. (Leia-se em 4.6.05 – Ideias de fora… para dentro, o comentário que fiz a propósito). Até quando, senhores presidentes – Câmara e Junta de Freguesia - (com letra minúscula, pois ainda nada fizeram por merecê-la com maiúscula) vão permitir que situações destas ocorram, em parte, por vossa incúria? Quantas pessoas necessitarão de morrer até que a estrada seja arranjada? Talvez lá para as eleições, não? Ou talvez não!... Provavelmente não passam, nem querem passar por lá, pois o voto do povinho - que tem uma memória muito curtinha, e depressa se esquece de quem lhes quer mal e de quem nada fez por eles – já está garantido!!! Onde pára o dinheiro destinado às obras/reparação desta estrada??? Espero que não tenha sido gasto/guardado indevidamente para financiamento da vossa campanha eleitoral!!! Manter a estrada nestas condições é um acto criminoso, pois ainda que aleguem desconhecer o seu estado, após a denúncia que fiz a semana passada, já não o poderão fazer. Pois, pois, pois… eu sei que lêem este blog e que se mantêm informados do que andam a fazer, aqueles que lhes provocam verdadeiras “dores de cabeça”. Meus senhores, respeitem o povo, respeitem pelo menos uma vez na vida, aqueles que um dia acreditaram, tão ingenuamente, ao votar em vós. Sim, estou zangada! Jamais me calarei enquanto situações como esta ocorrerem. Por favor, não façam como o macaco – não vê, não ouve e não fala. Tenho dito.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds