Quarta-feira, 24 de Agosto de 2005

Ainda a Estação de Loulé - Passagem Superior

Est_Sup.jpg


Esta é a gare Nº 1, a principal, velhinha e mais utilizada para as partidas e chegadas das composições. Ao lado esquerdo da imagem vê-se a gare Nº 2, um preciosismo da Refer, prevendo um intenso uso do Comboio por ocasião do Euro'2004. Entre as duas gares é visível na imagem a Passagem Superior pela qual os passageiros se deslocam (os que podem). Existe ainda uma terceira linha, na zona da gare para manobras.


Preciosismo porque a construção de mais duas linha nesta estação não melhorou a oferta do serviço ferroviário, permanecendo a via única em todo o trajecto. Quanto ao serviço pouco ou nada mudou.


Já quanto à segurança e conforto de utentes e moradores, tudo mudou e para muito pior. Todos são incomodados e alguns são absolutamente excluídos do acesso a este meio de transporte.


Esperamos que as promessas sejam cumpridas e já agora: nada temos contra as rampas e passagens inferiores, desde que iluminadas, limpas e vigiadas.


Mas por favor, não gastem dinheiro para as coisas ficarem piores!

publicado por aalmeilda às 23:31
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Antnio Almeida a 26 de Agosto de 2005 às 17:33
Vou marcar faltas! Estão ausentes nesta matéria os Srs. Seruca Emídio e Horácio Piedade. Ambos teriam muitos esclarecimentos a prestar ou desculpas a pedir neste assunto. Mas não, não comparecem, assim agindo pensam que o problema não existe e que dificuldades não são sentidas pelos cidadãos. Cidadãos que ele diviam defender e ignoraram. Não posso silenciar a minha repulsa pelo laxismo nos assuntos públicos. No mínimo venham fazer uma promessa... talvez enquanto a gente espera, acalme!


De Ruiva a 25 de Agosto de 2005 às 14:39
Se as alterações à antiga Estação fossem pensadas de forma coerente e com o fim único de servir melhor, não tínhamos como solução, decerto, a aqui optada. Pessoalmente, acho estas passagens aéreas umas verdadeiras aberrações, pois são inestéticas, agressivas aos olhos de qualquer um, e principalmente, pouco funcionais. Qualquer deslocação nestas “maravilhosas invenções do séc. XX”, é violenta e morosa. É sem dúvida de fácil solução (em termos monetários), mas de todo a pensar nos seus utilizadores. É minha convicção que passagens subterrâneas, para este fim, seriam sem dúvida, a melhor solução. Nem sempre o mais fácil é o melhor!


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds