Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

Enigma Conventual...

CONVINT.jpg


Este pequeno post serve para dar uma explicação que entendo fazer falta:


A história do Convento de Santo António, que tenho vindo e continuarei a publicar, visa contribuir para a formação de opinião sobre o investimento autárquico de 860.000 € numa ruína que passou de mão-em-mão durante séculos, cumprindo os mais diversos fins, ocultando hoje aos olhos dos passantes quase por completo a dignidade sobria que teve, não fora tratar-se de casa de frades Capuchos que prezavam a modéstia e deploravam a ostentação. Nas recolhas e análises realizadas avoluma-se esta questão:


- Quando e de que forma este Convento se tornou propriedade da Santa Casa da Misericórdia de Loulé?

publicado por aalmeilda às 23:05
link do post | comentar | favorito
14 comentários:
De Antnio Almeida a 20 de Julho de 2007 às 18:51
Carríssimo Emílio; estamos a entender-nos... tenho a mesma vaga ideia, já contactei e aguardo resposta de JV sobre o assunto. Mais, acho que este convento já foi várias vezes trocado por dinheiro e géneros da autarquia. O melhor é continuar a reunir as provas e divulgar tudo quando for certo. Pena que os esposo da Dª Catarina esteja gravemente doente que eu teria ido ouvir a antiga Provedora, embora nãodescarte essa possibilidade!


De emilio casanova a 20 de Julho de 2007 às 18:24
Caro AA
como ex-deputado municipal tenho uma vaga ideia no mandato do Joaquim Vairinhos houve um protocolo com a Santa Casa para a construcao do lar da terceira idade e a cedencia do Convento.
Penso que no mandato de J. Cavaco por volta de 1988/89 houve tambem um subsidio para esse efeito - cedencia do Convento em direito de uso. Eh investigar!


De Antnio Almeida a 14 de Julho de 2007 às 20:59
Susana; muito bela prosa, cheia de emoção e de informação... É bom abrir a arca das memórias e partilhá-las. Obrigado por fazê-lo aqui!


De Susana a 14 de Julho de 2007 às 16:01
Para prestar mais alguma informação ainda aqui estou eu a " a mecher " com um sorriso nos lábios ( já que sei rir verdadeiramente) e não à socapa como alguns iluminados das letras. O Convento ficou após o tremor de terra de 1969 com os claustros e os corredores, mais algumas dependências práticamente a caír. Um perigo para quem ali se resguardou dos invernos. Depois do 25 de Abril alguns dos pobres que ali vivam foram recolhendo a lares tendo os últimos falecido há poucos anos. Caso da " Galholha" e mais dois de que não recordo o nome. DAs vezes que lá fui nunca vi algo que tivesse importância a não ser o resto de uma imagem completamente degradada e decepada
que havia num nicho. De resto nada mais. Ao longo de mais de duzentos anos devem ter desaparecido do local possívelmente alguns bens com interesse histórico. Mas isso já não ocorreu nos últimos 20 nem trinta anos . Muito antes. Lembro-me agora de um relógio de pedra que terá sido levado após o tremor de terra de 69 por alguém que o descobriu numa parede em ruuínas dos claustros. Ocorreu realmente essa coisa de os miúdos terem aparecido
na escola com uns ossos que descobriram no tal túnel. Um episódio esporádico, como aconteceu também com ossos do cemitério. Á miudagem de todas as épocas sempre foi muito interessada em meter o bedelho em coisas que lhes pareciam mistério. Por agora despeço-me com um sorriso de orelha a orelha mas sincero e não altivo como é apanágio de muita gente que tem a mania de que sabe tudo. Susana


De titoina a 14 de Julho de 2007 às 01:17
Amanhã


De Antnio Almeida a 14 de Julho de 2007 às 01:11
Lindo, uma pérola mesmo! Vê-se que conhece bem o edifício o anónimo da 1,03 h!
Vamos sorrindo, entre dentes, mas porque não disse a sua "graça"?


De Anónimo a 14 de Julho de 2007 às 01:03
Eu gostava de saber mais sobre o convento tambem dado que há 20 anos ainda se andava nos corredores no primeiro andar, na cozinha no relógio do sol que foi roubado nessa altura os miudos apanhavam as ossadas que por lá abundavam e levavam para a escola para assustar os professores, o ultimo descanso de alguem talvez importante na história do convento ali estava intocável onde hoje só há gravilha, o quintal...Morava lá muita gente no meio das ruínas na capela, nas cavalariças... As histórias do tunel que lá diziam haver. Nessa altura haviam muitas coisas recuperáveis mas que desapareceram.Também estas memórias do universo de criança são importantes e seria bom ver o convento recuperado aproximando-se á sua forma original mas talvez houvessem melhores alternativas do que o esbanjamento de dinheiro na sua compra porque cá me parece dali vai sair um CCB louletano. E vejam lá se sorriem um pouco mais porque mais vale um sorriso triste do que a tristeza de não saber sorrir.(isto é em relação ao mexeram OK).


De Leo a 13 de Julho de 2007 às 13:44
Gostei da resposta da Susana àquela coisa do MEXERAM. Muito importante no contexto ! Nem uma palavra sobre a barracada do Convento mas o Mexeram isso sim digno de um aperto de orelhas ! Pois eu cá por mim fico à espera de saber mais notícias sobre a misteriosa venda da Ruína ( que era particular) ?
Bom fim de semana para SeBAstião - Leo


De Susana a 13 de Julho de 2007 às 00:32
Obrigado ao visitante que teve a amabilidade de chamar a atenção para a palavra MEXERAM. Por acaso reparei após ter lançado o post. Espero que a sua indignação seja apenas só porque escrevi a palavra Mexeram com ch. A minha 4ª classe foi feita há 44 anos. Certamente vc não era nascido mas isso pouca importância tem. Era o tempo da pata descalça. Da TINHA, dos piolhos, das pulgas, dos professores nazis (alguns). Nesse tempo lembro-me do convento de Stº António de que aqui se fala, já em ruínas, mas não tanto , albergar pobres e pobres do mais miserável que se possa conhecer. Os políticos de então da Câmara também não MEXERAM na ruína que vai ser vendida. E agora vou-me pôr a «mecher» à minha maneira. Susana


De Anónimo a 12 de Julho de 2007 às 23:13
MEXERAM


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

13
15
16
17
18

21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Novo Espaço para o "seBAS...

. Estacionamento Eleitoral!...

. Biografia de Miguel Torga...

. 100 anos de Torga... Libe...

. Do rico espólio documenta...

. "Tomada do Castelo"... de...

. Inauguração Amanhã!

. Vem à Terra o mais ilustr...

. Silêncio à espera de Agos...

. A uma Boa Notícia ofereço...

.arquivos

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds